Ginecomastia – Redução de mama masculina

O aumento das mamas masculinas pode ocorrer por diversos motivos, como hereditariedade, alteração nos hormônios ou utilização de certos remédios.

A cirurgia plástica para corrigir a ginecomastia é chamada de mamoplastia redutora, pois melhora o contorno do tórax diminuindo o tamanho da mama. Em alguns casos mais graves, pode acontecer de o tecido mamário em excesso causar a flacidez das mamas, ocorrendo também o fenômeno da aréola alargada, nesse caso, a pele fica escura ao redor do mamilo. Em ambos os casos, a posição e o tamanho da aréola podem ser cirurgicamente corrigido e a pele em excesso removida.

PRÉ-OPERATÓRIO

Até 2 dias que antecedem a cirurgia, o cirurgião deve ser avisado caso exista ocorrência de resfriado ou gripe, medicamentos para emagrecimento devem ser evitados por 10 dias, e um dia antes alimentos pesados e bebidas alcoólicas devem ser evitados.

PÓS-OPERATÓRIO

Evitar levantar peso nos primeiros 30 dias após a cirurgia e evitar levantar os braços. É importante fazer curativos diariamente, ou de acordo com as recomendações médicas. Outro fator importante, é o uso do colete compressivo pelo período mínimo de 30 dias.

Expor-se ao sol apenas após um período de 45 dias e lembrar de sempre usar o filtro solar. Existe a opção de realizar periódicas drenagens linfáticas pós-operatórias, pois antecipam a recuperação e o surgimento do resultado da cirurgia.

PERGUNTAS FREQUENTES

Por que alguns pacientes ficam com cicatrizes muito visíveis?
Isso ocorre pois alguns pacientes possuem predisposição a cicatrizes queloidianas ou hipertróficas, mas essa situação pode ser evitada nas primeiras consultas.

Em quanto tempo poderei enxergar o o resultado final?
Apenas a partir do terceiro mês.

Qual a anestesia utilizada?
A anestesia é local com sedação.

Cirurgia Plástica

Mama

Corpo

Cirurgia Plástica
Banner image

Mama

Cirurgia Plástica
Banner image

Face

Cirurgia Plástica
Banner image

Outros

Cirurgia Plástica
Banner image